Tempo Porto Vitoria
Recentes
53 anos de Porto Vitória - Segunda, 13 Novembro 2017 11:51
REFIS 2017 - Terça, 07 Novembro 2017 13:57
Secretaria de Agricultura recebe novo veículo. - Segunda, 30 Outubro 2017 15:16
Bingo Rosa - Segunda, 23 Outubro 2017 18:29

Facebook

Centro de Referência de Assistencia Social Karen Neumann

Centro de Referência de Assistencia Social Karen Neumann (7)

O Centro de Referência de Assistência Social KAREN NEUNAMM é o sistema governamental responsável pela organização e oferta de serviços da Proteção Social Básica.  Possui uma equipe de trabalhadores da política de assistência social responsáveis pela implementação de serviços e projetos de proteção  social básica e pela gestão articulada no território de abrangência, sempre sob orientação do gestor municipal. Esse conjunto de trabalhadores é denominado ‘equipe de referência do CRAS’.

PRINCIPAIS AÇÕES OFERTADAS PELA EQUIPE DE REFERÊNCIA  DO CRAS

  • Recepção e acolhida
  • Proteção Social Básica
  • Acompanhamento familiar
  • Visitas domiciliares
  • Busca ativa para  identificar as necessidades da família e comunidade
  • Atendimento à demanda espontânea e encaminhamentos para a rede sócio-assistencial e das demais políticas afins
  • Intermediação de benefícios eventuais
  • Acompanhamento e orientação psicossocial às famílias
  • Orientação e apoio sócio-educativo às famílias e comunidade
  • Promoção para inserção no trabalho e geração de renda
  • Avaliação, cadastro e monitoramento dos Programas Sociais Bolsa Família, BPC (Benefício de prestação Continuada), Programa Leite das Crianças, Programa Família Paranaense
  • Acompanhamento das condicionalidades dos Programas Sociais
  • Reuniões e palestras sócio-educativas
  • Cursos de geração de renda e profissionalizantes
  • Encaminhamento para atendimento jurídico
  •  Encaminhamento para a rede de proteção;
  • Oficinas de artesanato, de convivência e fortalecimento de vínculos

 O CRAS DISPONIBILIZA OS SEGUINTES SERVIÇOS E PROGRAMAS:

  • PAIF - Programa de Atenção Integral a Família
  • Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - SCFV
  • Atendimentos socioassistenciais 
  • Encaminhamento para o BPC - Benefício de Prestação Continuada
  • Benefícios Eventuais: cesta básica, auxilio natalidade e auxílio funeral
  • Cadastro no Programa Cadastro Único para benefícios sociais, Programa Bolsa Família, Programa Leite das Crianças
  • Emissão segunda via CPF
  • Emissão Carteira de Trabalho
  • Emissão Carteira de Identidade
  • Emissão Carteira do Idoso
  • Encaminhamento para baixa renda da luz e água

COMPOSIÇÃO EQUIPE DE REFERÊNCIA DO  CRAS

  • Coordenadora: Elza Amélia Schneider
  • Técnica de Referência Assistente Social: Tatiane Savi
  • Técnica de Referência  Psicóloga: Cristiane Mary Baniski
  • Auxiliares Administrativos: Carina Aparecida Dlugovitz; Ana Paula Kochinski; Facilitador de  Informática: Vilmar Treuke
  • Orientadoras Sociais: Lucimara Bohrer; Cristinane Dlugovitz Bueno; Nathana Colombo; Deize Rodrigues; Marisleia de Fátima Grobe;
  • Zeladoras: Rosana Mazur Almeida; Indiamara Mench; Roseli Terezinha Kerber; Alice Maria Wasen.

CRAS
Endereço:
Rua Athanásio Schick, 365
Horário de atendimento:
das 08:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:00 horas
Telefone:
(42) 3573– 1623
E-mail:
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

Sub-categorias

Programas Sociais

Programas Sociais (0)

ESFERA FEDERAL

Cadastro Único é um conjunto de informações sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza. Essas informações são utilizadas pelo Governo Federal, pelos Estados e pelos municípios para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria da vida dessas famílias.

 

 

Quem deve estar inscrito no Cadastro Único

Que ganham até meio salário mínimo por pessoa; ou que ganham até 3 salários mínimos de renda mensal total.

Como fazer para se inscrever no Cadastro Único:

  • a família que se enquadra nas rendas acima, pode procurar um CRAS – Centro de Referência em Assistência Social no município e solicitar o cadastramento.
  • Ter uma pessoa responsável pela família para responder às perguntas do cadastro. Essa pessoa deve fazer parte da família, morar na mesma casa e ter pelo menos 16 anos.
  • Para o responsável pela família, de preferência uma mulher, é necessário o CPF ou Título de Eleitor.
  • Exceção: no caso de responsável por famílias indígenas e quilombolas, pode ser apresentado qualquer um dos documentos abaixo. Não precisa ser o CPF ou o Título de Eleitor.
  • Apresentar pelo menos um documento de todas as pessoas da família:

- Certidão de Nascimento; Certidão de Casamento; CPF;

- Carteira de Identidade (RG); Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI); Carteira de Trabalho; Título de Eleitor.

  • Levar um comprovante de endereço, conta de luz.
  • Importante: Após o cadastramento da família, é importante manter os dados sempre atualizados. 

Sempre que mudar algo na família, como nascimento de um filho, mudança de casa ou de trabalho ou quando alguém deixar de morar na residência, o responsável familiar deve procurar o CRAS e efetuar a atualização dos dados da família.

ESFERA ESTADUAL

Programa Leite das Crianças

O Programa Leite das Crianças - PLC, instituído pela Lei no 16.385, de 25 de janeiro de 2010, compreende o conjunto de ações voltadas à suplementação da nutrição dascrianças de 6 a 36 meses e das mães gestantes e nutrizes, pelo fornecimento diário e gratuito de 1,0 (um) litro de leite tipo pasteurizado, integral ou padronizado. A distribuição do leite atenderá crianças e famílias previamente registradas no Cadastro Único de Programas Sociais – CADUNICO e cadastradas no Sistema Informatizado de Controle do Programa Leite das Crianças, com renda média per capita comprovadamente não excedente a meio salário mínimo regional. Hoje vigente em R$ 663,00.

Programa Família Paranaense – PFP

O Programa Família Paranaense destina-se à proteção e promoção das famílias que se encontram em situação de alta vulnerabilidade social no Estado do Paraná, integrando ações das áreas de assistência social, habitação, agricultura e abastecimento, trabalho, saúde, educação, esporte e lazer, segurança alimentar e nutricional, entre outras.

Público Alvo: famílias em situação de alta vulnerabilidade social, segundo Índice de Vulnerabilidades das Famílias - IVF/PR (Percentil75).

Para definir as famílias em situação de alta vulnerabilidade social utiliza-se a base de dados do Cadastro Único para Programas Sociais – CadÚnico. Nela é aplicado o Índice de Vulnerabilidade das Famílias do Paraná – IVF-PR, para medir a vulnerabilidade e elencar hierarquicamente as famílias, priorizando-as.

Ver itens ...
Pagina 2 de 2

EDITAL MATRICULAS

Em anexo Edital nº 001/2017, da Secretaria de Educação

Veja mais

FAMÍLIAS PODEM SE CADASTRAR NO CRAS

FAMÍLIAS BENEFICIÁRIAS DE PROGRAMAS SOCIAIS do Governo

Veja mais

CURSOS A DISTÂNCIA GRATUITOS DO

CURSOS A DISTÂNCIA GRATUITOS DO PRONATEC

NAS ÁREAS DE

Veja mais

CURSOS A DISTÂNCIA GRATUITOS DO

CURSOS A DISTÂNCIA GRATUITOS DO PRONATEC

NAS ÁREAS DE

Veja mais

CRAS e CRESOL oferecem curso de

O CRAS realizou no dia 13 de setembro com o grupo Serviço

Veja mais

CRAS e CRESOL oferecem curso de

O CRAS realizou no dia 13 de setembro com o grupo Serviço

Veja mais

CONVITE

Fique atento - Idosos beneficiários do

Fique atento - Idosos beneficiários do BPC tem até o dia 31

Veja mais